Oleos essenciais

O que é um destilador e como usá-lo na aromaterapia

Um destilador é parte importante nos tratamentos com óleos essenciais. Eles podem ser criados a partir de origens variadas, como por exemplo âmbar cinza, que tem origem animal. Entretanto, a maioria dos óleos essenciais serão extraídos de material vegetal.

Todas as plantas apresentam combinações químicas exclusivas, o que dá a cada planta seu aroma e sabor individual. Esses produtos químicos podem ser removidos desses vegetais, capturando seu aroma e transformando-o em um óleo, proporcionando ao usuário uma experiência única e intensificada dos produtos químicos da planta.

o que é um destilador

O que é destilador

Atualmente existem três métodos que auxiliam na colheita dos óleos essenciais, são eles: extração, expressão e a destilação. Geralmente a destilação dos óleos essenciais se faz por meio de vaporização. O destilador é um equipamento que auxilia nessa técnica, sendo utilizado para destilar o fluído que pode ser líquido ou vapor que desejar.

Às vezes, partes como folhas, caules, frutos, raízes, etc., podem ser colhidas com qualquer um dos métodos para conseguir óleos essenciais. A destilação a vapor não é recomendada em plantas delicadas, porque essas não suportam o calor. Portanto, é importante procurar o método certo para o óleo essencial que você deseja adquirir.

Os óleos essenciais oferecem muitos benefícios, inclusive eles apresentam propriedades antibacterianas e antifúngicas que fazem parte de um mecanismo de defesa das próprias plantas. Por esse motivo, os óleos essenciais ficaram bastante famosos e sua procura está crescendo.

É importante ressaltar que, por estar apresentando uma demanda cada vez mais alta, os preços estão ficando mais altos, e isso pode ser um problema se você necessita de uma grande quantidade de óleo essencial. Os preços podem variar de um óleo para o outro, principalmente se for de uma marca famosa.

Uma boa opção para quem não quer gastar muito com esses óleos essenciais é comprar uma destilaria e produzir seus próprios óleos em casa. Além disso, vai ser mais vantajoso se você tiver suas próprias plantas e ervas para a destilação, podendo economizar ainda mais o seu dinheiro.

Como funciona

Se está pensando na possibilidade de ter sua própria destilaria é interessante levar algumas informações em consideração, como por exemplo o material correto que você deve utilizar na destilação ou como deve ser o cultivo das suas plantas.

Existem diversos materiais que podemos utilizar na hora de fazer uma boa destilação, porém o mais recomendado para essa ocasião é o cobre. Amplamente reconhecido como o melhor material para destilação, o cobre apresenta propriedades antibacterianas naturais e ajuda na filtragem de impurezas do seu produto, deixando-o mais puro.

O cobre tem a capacidade de obter o perfume verdadeiro da planta, fazendo seu óleo essencial ficar com o cheiro puro da sua planta. Esse elemento químico também apresenta uma temperatura de aquecimento mais uniforme, facilitando assim a limpeza do produto.

Plantas

O cultivo correto de suas plantas é fundamental para se ter um bom resultado nos seus óleos essenciais. As plantas que são colhidas na hora certa são capazes de produzir os melhores óleos. Se optar por comprar as plantas, escolhas as mais saudáveis que puder encontrar, principalmente aquelas que são cultivadas sem auxílio de pesticidas.

É necessário sempre limpar e descontaminar seu destilador e os recipientes que você utilizará para os óleos essenciais. Um funil limpo e panos de algodão vão auxiliar na hora de separar os óleos do hidrossol.

A destilação sempre deve ocorrer ao ar livre ou em uma área bem ventilada, isso diminui os riscos de acidentes e ajuda na sua segurança enquanto estiver preparando o produto. É importante ressaltar que não se deve utilizar plástico para coletar o material de uma destilaria aquecida.

Os óleos essenciais devem ser armazenados em recipientes de aço ou vidro escuro. Eles devem ser guardados em locais que não tenha luz solar e mantidos fechados para não evaporarem.

Óleos essenciais naturais funcionam tão bem quanto os sintéticos e são mais recomendados em aromaterapias. Além disso, é uma ótima opção para quem os utiliza regularmente e não quer gastar muito dinheiro.

Leave a Reply